Embora saibamos que a ansiedade tem aumentado entre os jovens em geral, estudos confirmam que ela disparou, principalmente, nas meninas. O número de garotas que disseram que se sentiam nervosas, preocupadas ou temerosas aumentou 55% de 2009 a 2014, enquanto o mesmo número permaneceu quase o mesmo entre os meninos. Como psicóloga clínica especializada em trabalhar com meninas, Ph.D. Lisa Damour testemunhou essa crescente onda de estresse e ansiedade em sua própria pesquisa e na escola onde todas as garotas são consultadas. Ela sabia que isso tinha que ser o tema de seu novo livro.

"Na maior parte do tempo, nós e nossas filhas, devemos considerar a ansiedade como uma aliada, não como inimiga, e descobrir o que ela quer que nós saibamos. O mundo pede mais de nossas garotas hoje do que jamais pediu, mas também lhes oferece mais. Nossa melhor atitude é ajudá-las a avançar, não a bater em retirada, diante dos desafios e oportunidades que elas inevitavelmente encontrarão."

 

Lisa Damour

 

Embora saibamos que a ansiedade tem aumentado entre os jovens em geral, estudos confirmam que ela disparou, principalmente, nas meninas. O número de garotas que disseram que se sentiam nervosas, preocupadas ou temerosas aumentou 55% de 2009 a 2014, enquanto o mesmo número permaneceu quase o mesmo entre os meninos. Como psicóloga clínica especializada em trabalhar com meninas, Ph.D. Lisa Damour testemunhou essa crescente onda de estresse e ansiedade em sua própria pesquisa e na escola onde todas as garotas são consultadas. Ela sabia que isso tinha que ser o tema de seu novo livro.

"Na maior parte do tempo, nós e nossas filhas, devemos considerar a ansiedade como uma aliada, não como inimiga, e descobrir o que ela quer que nós saibamos. O mundo pede mais de nossas garotas hoje do que jamais pediu, mas também lhes oferece mais. Nossa melhor atitude é ajudá-las a avançar, não a bater em retirada, diante dos desafios e oportunidades que elas inevitavelmente encontrarão."

 

Lisa Damour

"Na maior parte do tempo, nós e nossas filhas, devemos considerar a ansiedade como uma aliada, não como inimiga, e descobrir o que ela quer que nós saibamos. O mundo pede mais de nossas garotas hoje do que jamais pediu, mas também lhes oferece mais. Nossa melhor atitude é ajudá-las a avançar, não a bater em retirada, diante dos desafios e oportunidades que elas inevitavelmente encontrarão."

 

Lisa Damour

livro mockup.jpg

Este livro é um guia urgentemente necessário para refletir, discutir e encarar o alarmante e crescente aumento da ansiedade e estresse nas jovens meninas em todo o mundo! Baseada nas experiências como psicóloga clínica e especialista em desenvolvimento de adolescentes, Dra. Damour, a autora deste livro, traz de forma leve e direta soluções práticas – porém sempre apoiadas em pesquisas – para abordar assuntos que estejam sendo os causadores do estresse e ansiedade nas garotas com quem convivemos. Dividido em cinco grandes áreas – Lidando com o estresse e a ansiedade; Garotas em casa; Garotas com garotas; Garotas com garotos; Garotas na escola e Garotas em nossa cultura –, Estresse e Ansiedade lhe fortalecerá com munições suficientes para que você consiga refletir e conversar, de igual para igual, com sua garota, pois aquelas que aprendem a encarar seus medos descobrem como podem ser corajosas.

 
 
drLisa-home-headshot-2.jpg

LISA DAMOUR

Formou-se na Universidade de Yale, trabalhou para o Yale Child Study Center e depois obteve seu doutorado em psicologia clínica na Universidade de Michigan. É autora de inúmeros trabalhos acadêmicos e capítulos relacionados à educação e desenvolvimento infantil.

 

Dra. Damour dirige o Centro de Pesquisa sobre Meninas na Laurel School, mantém uma clínica particular de psicoterapia, consulta e fala em congressos internacionais e é professora associada do Schubert Center for Child Studies.

 
"Minha filha é muito ansiosa"

Ela É ansiosa ou​ ESTÁ ansiosa?​

“Eu faço o que acho certo, mas não é o suficiente”​

Que tal procurar ajuda?

"É difícil manter a calma em meio a tanto estresse"

Tem uns exercícios que podem te ajudar!​

Meninas têm mais medo de decepcionar seus pais e professores, do que meninos da mesma idade.
"Garotas que aprendem a encarar seus medos descobrem como podem ser corajosas."
Lisa Damour 
Meninas têm mais medo de decepcionar seus pais e professores, do que meninos da mesma idade.
"Garotas que aprendem a encarar seus medos descobrem como podem ser corajosas."
Lisa Damour 
 
Sinta-se à vontade para falar com a gente!

Obrigada pelo envio!